Página Inicial







Em Foco
Fevereiro de 2019

Angola: Construir uma igreja ministerial
Por: HENRIQUE MATOS, jornalista



  Um grupo de religiosas portuguesas partilham a vida e a fé com uma comunidade cristã, confiada aos leigos, no Sul de Angola. Juntos, leigos e consagradas, constroem uma Igreja ministerial, próxima e missionária.     Quinhentos quilómetros a sul de Luanda, a capital de Angola, fica Cassongue. Situada na província do Cuanza-Sul, é terra de missão para três religiosas portuguesas e uma angolana. As Servas de Nossa Senhora de Fátima (SNSF) chegaram em 2008 e, até hoje, asseguram um trabalho pastoral de apoio à Paróquia de S. José, a par do apoio social e dos cuidados de saúde que prestam no Hospital Municipal. Por aqui a população vive da agricultura e os rendimentos obtêm-se da terra e da criação de animais. O emprego é quase todo ele ancorado no Estado. A segurança pública, o ensino ou os cuidados de saúde constituem a base da oferta laboral remunerada. A população é muito jovem, as crianças são em grande número e os idosos, um grupo etário reduzido, em sintonia com...

Indique o seu nome de Utilizador e Palavra-chave para obter o texto completo.
Se já é assinante e deseja consultar os destaques on-line peça o Nome de Utilizador e Palavra Passe utilizando este formulário.





Comente esta informação

Imprimir   |   Enviar a um amigo



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados