Página Inicial







Em Foco
Março de 2017

Bosquímanos: em busca da terra perdida
Por: JORDI CANAL-SOLER



Dez anos depois de um acórdão histórico, que, em teoria, permitia aos Bosquímanos regressar ao seu habitat, o Calaári, e à sua forma de vida ancestral, o Governo do Botsuana está determinado em dificultar a vida de uma das comunidades mais antigas do planeta.     O velho caçador semicerra os olhos para ver melhor sob a potente luz do sol africano. Quer distinguir o leve rasto que o animal deixou na areia do deserto. Pequenos sinais de pegadas na terra seca, galhos quebrados dos arbustos murchos, excrementos recentes... qualquer pista que aos olhos pouco experientes poderia passar despercebida, ao caçador serve-lhe para seguir a sua presa. Tal como há muito tempo descobriram os seus antepassados, o deserto não é tão estéril como parece: há vida para caçar e raízes para escavar. Inclusive água. O caçador tem sede. Retém por um instante os seus pés descalços, crava o seu arco na areia e da sua bolsa de pele pendurada nas costas extrai um ovo de avestruz com um tampão de cera que...

Indique o seu nome de Utilizador e Palavra-chave para obter o texto completo.
Se já é assinante e deseja consultar os destaques on-line peça o Nome de Utilizador e Palavra Passe utilizando este formulário.





Comente esta informação

Imprimir   |   Enviar a um amigo



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados