Página Inicial







Vaticano: Rezar em silêncio
10 de Janeiro de 2018

Durante a audiência geral desta quarta-feira, 10 de janeiro, o Papa falou sobre o silêncio, mais especificamente sobre rezar em silêncio: “o silêncio nos ajuda no recolhimento, a pensarmos no porquê estamos ali; para invocar ajuda ao Senhor, pedir a sua proximidade nos momentos de fadiga, alegrias e dores; por familiares ou amigos doentes, ou ainda, para confiar a Deus o futuro da Igreja e do mundo”.

 

“A isto serve o breve silêncio antes que o sacerdote, reunindo as preces de cada um, expressa em voz alta em nome de todos a comum oração que conclui os ritos de introdução com a ‘coleta’ das intenções dos fiéis. Eu recomendo vivamente aos sacerdotes que observem este momento de silêncio e não terem pressa", explicou o Santo Padre.

 

“Que a liturgia possa se tornar para nós uma verdadeira escola de oração. Oremos para que se faça silêncio; sem este silêncio, corremos o risco de subestimar o recolhimento da alma”, sublinhou o Papa.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados