Página Inicial







Rep. Centro-Africana: Milhares fogem da violência
12 de Janeiro de 2018

A Agência da ONU para Refugiados (UNHCR) alerta que milhares de centro-africanos estão a fugir da violência em seu país e a refugiarem-se em países vizinhos.

 

De acordo com o UNHCR, 545 mil centro-africanos estão refugiados em países vizinhos. O Chade abriga mais de 75 mil centro-africanos. Cerca de 6.000 deles chegaram ao país nas últimas semanas.

 

Os civis escapam de confrontos entre grupos armados do Movimento Nacional para a Libertação da República Centro-Africana (Mnlc) e da Revolução e Justiça (RJ). Conflito que se tornou mais intenso desde 27 de dezembro na cidade de Paoua, região que já possuía 20 mil deslocados internos.

 

Muitos que saem do país confirmam casos de violência e abusos de direitos humanos cometidos por grupos armados nos vilarejos que ficam na fronteira entre os dois países.

 

Apesar da fronteira estar fechada, a ONU saúda o gesto das autoridades chadianas em permitir a entrada de refugiados em busca de proteção.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados