Página Inicial







Sudão do Sul: Reações ao gesto do Papa Francisco
15 de Abril de 2019

O gesto do Papa Francisco (de beijar os pés aos líderes políticos sul-sudaneses) foi recebido com sentimentos contraditórios.

 

Algumas pessoas acham que foi uma luz para o Presidente Salva Kiir e o Vive-presidente Riek Machar para verem o que significa ser servo e por isso é uma esperança que eles decidam fazer mudanças para o país.

 

Outros dizem por que o Papa beijou os pés dos criminosos e do pior líder que nunca se importou ou sentiu o sofrimento do povo.

 

Outros ainda disseram que apesar disso eles não vão mudar.

 

Um muçulmano interrogou-se se valia a pena irem a Roma para um retiro em vez de fazer no país... Que diferença há?

 

Em suma, há aqueles cuja esperança é renovada e aqueles que permanecem céticos.

 

De qualquer forma, continuamos a rezar pela paz.

 

Desejo-lhe feliz Semana Santa e Páscoa.

 

Bênçãos

 

P. Louis Okot, Provincial Comboniano do Sudão do Sul



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados